Controlando suas finanças


As finanças de uma pessoa são uma coisa que determina a maneira como ela vive. Ele determina seu estilo de vida, como o tipo de carro que você dirige ou a área em que mora. Controlar suas finanças é uma parte muito importante da vida de uma pessoa.

Como quase todo mundo tem uma conta corrente, é importante saber como manter essa conta equilibrada adequadamente. Se você não ficar de olho na sua conta, isso pode acabar custando muito dinheiro extra. Se você preencher um cheque que não tem o suficiente para cobrir, isso pode sair do controle.

Ser-lhe-á cobrada uma taxa por fundos insuficientes, o que pode causar a devolução de outro cheque, o que faz com que sejam adicionadas mais taxas. Este é um dos motivos para ficar de olho na sua conta corrente. Realmente não é tão difícil quanto parece, você só precisa se lembrar de manter um registro de tudo que você gasta, não importa quão pequeno. Revise suas declarações a cada mês e compare-as com seus registros.

O próximo grande passo que a maioria das pessoas dá é receber cartões de crédito. Sim, é bom poder comprar itens a crédito, mas você ainda tem que pagar por esse luxo e com uma taxa de juros adicional.

Portanto, você precisa ter cuidado como usa seus cartões. Isso é muito importante quando se trata de controlar suas finanças. Tente limitá-los a compras que possam ser quitadas no prazo de trinta dias para evitar altas taxas de juros. Se você deve um grande saldo, tente pagar mais a cada mês, não apenas o pagamento mínimo. Quanto mais você paga, mais dinheiro realmente vai para o saldo economizando em juros.

Há também muitas maneiras menores que você pode ajudar a controlar suas finanças. Por exemplo, tenha cuidado e controle todas as compras em que estiver pensando, mesmo que seja para os presentes de Natal. As contas telefônicas podem às vezes ser um choque, portanto, se você estiver fazendo chamadas de longa distância, mantenha um registro para saber quanto tempo você fala e com que frequência. A mesma coisa vale para telefones celulares, então tome cuidado para não ultrapassar seus minutos, pois isso pode aumentar muito rapidamente.

Não fique endividado para itens grandes, como automóveis, se você não tiver condições financeiras para arcar com os pagamentos. Tenha cuidado ao investir em ações e títulos, certifique-se de entender exatamente em que está investindo e a quantidade de risco envolvida. Seguir essas dicas pode ajudá-lo a controlar suas finanças.